skip to Main Content
  • Siga-nos nas redes sociais:

O PROFISSIONAL CONTABIL DEVE INFORMAR AO GOVERNO SOBRE CLIENTES COM ATIVIDADES SUSPEITAS DE CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO.

DinheiroLavaShutterstock1Desde 2014, o COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras, unidade de inteligência financeira brasileira, no combate e prevenção ao crime de lavagem de dinheiro, obriga os profissionais e organizações contábeis, entre outros profissionais, a informar ao governo sobre clientes com atividades suspeitas.

A comunicação de não ocorrência de propostas, transações ou operações passíveis de serem comunicadas tornou-se obrigatória desde 12 de julho de 2012, por força da alteração do artigo 11, inciso III, da Lei nº 9.613, de 3/3/1998.

Neste ano, a “Declaração Negativa” ou “Comunicação de não ocorrência” deve ser encaminhada, até o dia 31/01/2016.

 

Consultee Contabilidade

Equipe de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top